sábado, 30 de outubro de 2010

Prece: porque tanto medo??

Avaliação: 
É inacreditável mas acontece, e muito. Por que tanto medo na hora de fazer a prece? Ôpa, medo ou vergonha?
Isso acontece seguidamente. Mas o que mais chama atenção, é que não é com as crianças, mas com os já crescidos jovens.

Evangelizador: - "Quem faz a prece de encerramento? ... - momento tenso, silêncio, ninguém diz nada, um fica olhando para o outro... - Ok. Eu faço.

O que é a Prece se não conversar com Deus? Eu diria que isso resulta de uma educação onde as pessoas não são "acostumadas" a falar de seus sentimentos, tão pouco publicamente. E fazer a prece é a expressão de sentimento. Conversar com Deus mexe com nossos sentimentos, com nossas vibrações. Isso acabou se tornando algo tão difícil como dizer "te amo" para um amigo na frente de outras pessoas.

Mas se isso é resultado de uma educação, por que não mudar??? Na vida privada mais pública que vejo que temos hoje, as pessoas falam com o mundo todo, convivem com culturas diferentes, aprendem coisas totalmente distintas da educação que receberam, como por exemplo, o uso excessivo de palavras vulgares a cada cinco minutos. Assim, por que não aprender algo mais sublime, como ouvir os próprios sentimentos, ser sincero consigo mesmo, conversar com Deus...?

Um comentário:

Tadeu disse...

A maioria das preces não ultrapassam os fluidos negativos e densos em volta da terra, embora com palavras bonitas, más a alma não participa é uma pena, há muitos espíritos elevados querendo nos ajudar, infelismente nem todos sabem pedir.

Um abraço

Tadeu-Espiritismo para todos