segunda-feira, 30 de março de 2009

Orgulho

Avaliação: 
Falemos um pouco sobre o Orgulho, chaga esta que assola a humanidade perturbando corações, lares, relacionamentos, parcerias etc...
Fomos criados por Deus a sua semelhança para perfeição, portanto, o mal não nos foi designado ou imposto, somente equivocadamente nos iludimos imaginando ser o caminho mais simples.

Muitas vezes, mesmo sem o saber enveredamos pelos caminhos mais curtos e destruidores, e acabamos por adquirir dividas com a divindade por escolhas mais fáceis e menos penosas em detrimento de outrem.

É desta forma que o orgulho infiltrado em nós, fica camuflado e escondido, somos taxativos em dizer que o mal não existe, não pertence a nós, não somos assim, justamente por assim ser é que por medo de o acharmos se coloca na defensiva e se esconde fazendo-nos muitas vezes passar por situações de ridículo. Este orgulho mascarado aparece quando estamos sem vigilância e dissimuladamente atua perversamente fazendo-nos a tomar atitudes grotescas e impensadas.

Mais adiante, quando mais calmos nossa consciência volta a ser dona do nosso eu espírito, então nos arrependemos, infelizmente muitas vezes tarde demais.

Contudo, displicentemente o tal orgulho que disfarçado está nos fazendo pensar que somos os melhores e mais corretos e o outro é que está errado e equivocado acaba por fazer estragos em nossos relacionamentos sejam eles de que ordem for. Até que um dia alguém ou alguma leitura nos puxe a atenção fazendo-nos enxergar a terrível discrepância cometida por nós.

Enfim, há um despertar para a espiritualidade e é neste momento oportuno que devemos colocar nossa energia e com atenção passar a ter uma cobrança diária de atitudes certas e quando vermos uma pequena parcela que seja de possibilidade de erro, termos a humildade de consertar o estrago, pois assim teremos o policiamento de procurar mais acertos do que erros.

Quando começarmos a entender as nuances que existe em nossas vidas, o peso do fardo fica menor. A dor é menor por saber que estávamos errados. São estes questionamentos que devem constar em nossas noites ante o sono.

Façamos de nossos dias oportunidades de melhorias, nos cobrando, nos policiando e não como misantropos que têm aversão à sociedade e a filantropia. Expurguemos sentimentos negativos de orgulho, indispensável é pedir desculpas por atos impensados, saber sorrir, falar amorosamente, saber desviar do caminho incerto para o certo através do aprendizado espiritual.

Sejamos simples para pedir ajuda, saibamos perdoar mais aquele que errou ou não. Cultivemos o bom pensamento positivo, ressaltando virtudes em todos que relacionamos.



A humildade caminha junto com o sucesso continuo e não com o momentâneo, se almejamos tal sucesso estejamos aptos às mudanças que nos trarão a pura felicidade vivenciando o amor
.

sábado, 28 de março de 2009

Avaliação: 
Olá irmãos.

Para aqueles que ainda não assistiram essa bela entrevista do Divaldo, que esteve no programa Mais Você, da Rede Globo, no dia 18/02/2009, eis os videos.

Comente...

Parte 1:


Parte 2:


Parte 3:


Parte 4:

terça-feira, 24 de março de 2009

Encontro Estadual de Evangelizadores 2009

Avaliação: 
Mesmo sabendo que este blog tem como principal foco a Arte, não podemos deixar de lado, o importante evento que aconteceu no dia 22 de Março, o Encontro Estadual de Evangelizadores (EEE).
Afinal, instruir é arte.
O EEE desse ano foi um encontro com características diferenciadas.
Era fácil sentir as dulces vibrações do ambiente, dos participantes e das equipes que trabalharam para que tudo ocorre-se bem.

Se contarmos os evangelizadores, facilitadores, painelistas e as equipes que trabalharam no encontro, tivemos um total de 450 pessoas no EEE/2009.






Um pouco do encontro...

Gládis Pedersen de Oliveira introduziu o encontro, após Jason de Camargo fez um painel sobre o PACTO ÁUREO. Elizabeth Barbieri (DEDO FERGS) foi maravilhosa, apresentando o painel sobre UNIFICAÇÃO.

Na abertura do encontro, e no início da tarde, tivemos a presença do Grupo AVE, que apresentou diversas músicas.

Fic
a aqui o recado, para aqueles que quiserem alguma música das quais o grupo apresentou, entre em contato conosco através do e-mail: grupoave@arteespirita.com.br





Gládis voltou à tribuna palestrando sobre o
CURRÍCULO PARA AS ESCOLAS DE EVANGELIZAÇÃO INFANTO-JUVENIS.

Após os evangelizadores participaram de uma oficina sobre o Currículo.

A Equipe
do DIJ-FERGS, cuja a diretora é a Berenice, inovoram este ano: convidaram facilitadores para as oficinas de todo o estado. Os oficineirosforam assim distribuídos: um representante de cada região, dois representantes da FERGS.




A espiritualidade benfeitora se fez presente como sempre. Os pioneiros da evangelização e espíritos amigos que foram detectados por médiuns presentes. Foram eles: Amélia Rodrigues e Francisco Spinelli, que deixaram o seguinte recado: "Queridos! Plantai para que o amor se faça por inteiro na terra".


Muita luz para todos.


Ide e pregai!


Algumas Fotos... (para ampliar, só clicar em cima)

sábado, 21 de março de 2009

NOSSO LAR : Novo projeto do cinema espírita

Avaliação: 

Na esteira do sucesso de "Bezerra de Menezes", e da pré-produção de "Chico Xavier" pela Globo Filmes, o novo roteiro de temática espírita deve ser o longa-metragem Nosso Lar, baseado na obra de Chico Xavier pelo espírito André Luiz. O projeto é da Federação Espírita Brasileira (FEB) e da Cinética Filmes. Segundo os produtores, nos últimos dez anos a doutrina espírita, codificada na França no século XIX, "cresceu mais de 40% no Brasil, principalmente entre os jovens". O Brasil é o maior país espírita do mundo, com cerca de 20 milhões de cidadãos que professam ou simpatizam com o Espiritismo.

O roteiro é baseado no livro "Nosso Lar", primeiro romance trazido pelo médium mineiro Chico Xavier, da série em parceria com o espírito do médico André Luiz. Narra sua trajetória depois de desencarnar, passando pela cidade espiritual que dá nome ao livro, até retornar à Terra para rever seus familiares. Em essência, "é a história de um homem que vai aprender a amar a si e aos semelhantes - e a Deus sobre todas as coisas".

Publicado inicialmente em 1944, o livro encontra-se em sua 58a. edição e, em breve, alcançará a marca de 2 milhões de exemplares vendidos, já tendo sido traduzido para o alemão (duas versões), francês (duas versões), inglês (três versões), japonês, esperanto, italiano, espanhol, grego e tcheco. Considerado como um dos 10 melhores livros espíritas do século XX (pesquisa da Organização Candeia), já foi montado em peças de teatro e em programas de rádio. Agora, pela primeira vez, será levado às telas de cinema.

O filme ainda está na fase inicial de captação de recursos, mas o projeto é lançá-lo em 2010.

segunda-feira, 9 de março de 2009

HQ - O Tempo

Avaliação: 
Clique na imagem para ampliar.

O que achou?
Comente!

quinta-feira, 5 de março de 2009

Começa Produção de CHICO XAVIER, O FILME

Avaliação: 
Em fevereiro, inicia em Minas Gerais pesquisa para um novo projeto do diretor Daniel Filho, coordenador da "Globo Filmes": filmar a vida do médium Chico Xavier. “Não sou espírita, nem católico. Sou materialista. Estou mais para física quântica que para espiritualismo. Mas a insistência dos espíritas para que fizesse o filme me comoveu. É a história interessante de um homem abnegado, um tema que merece atenção”, explica.


Daniel conheceu pessoalmente o médium mineiro. “Chico Xavier é um dos homens mais importantes do Brasil. Vou mostrar o ser humano, o homem que tem aura, que puxa para si a responsabilida
de de paz e de espiritualidade, no sentido de paternidade. Quero manter o respeito que os brasileiros têm por esse homem humilde, que disse que só queria ir embora quando o povo estivesse feliz. Por coincidência, morreu aos 92 anos, no dia em que o Brasil ganhou a Copa do Mundo de 2002”, observa.

Para ele, o melhor momento do cinema é a hora de filmar. “O resto é trabalho”, diz. Daniel compara o cinema à música, a direção à regência de orquestra. O mais importante, na opinião dele, é a boa história. Por isto, justifica, a escolha pela biografia do médium, baseada no livro "As Vidas de Chico Xavier", de Marcel Souto Maior.

João Carlos Daniel, filho único de pais artistas, começou ainda criança trabalhando em circo, e não parou mais. Fez de tudo – foi ator, diretor, produtor e criador de programas e novelas – até se tornar um dos homens mais importantes da televisão do país. “Não fui criado pela Globo, sou um dos criadores dela”, afirma, com orgulho. Aos 71 anos, Daniel experimenta momento especialmente feliz. “Sempre quis viver de cinema e estou tendo essa possibilidade. Apesar de acharem meus filmes antigos, rejuvenesci. A vida tem jeito depois dos 60”, brinca. Jogando em várias posições, ele participou de quase 40 filmes, projetos desenvolvidos desde 1999. Estima-se que essas produções bateram a casa dos 9 milhões de espectadores.

Daniel dirigiu Se eu fosse você 1 e 2. Foi ele quem reuniu os atores Glória Pires e Tony Ramos, que nunca tinham trabalhado juntos na telona. Têm o dedo dele trabalhos indicados ao Oscar, como o longa Cidade de Deus, de Fernando Meirelles, do qual foi co-produtor. A lista de sucessos é grande: 2 filhos de Francisco, Auto da Compadecida, Carandiru e Vinicius, para ficar nos títulos mais conhecidos. “Amo cinema como um todo. Sou fã, rato de cinema – não de cinemateca. Fazer televisão foi só uma forma de pagar as contas”, afirma.

Para Nelson Xavier, viver Chico Xavier no cinema não é só um próximo trabalho, é uma sina. Desde que começou a carreira de ator, ele vem sendo confundido com o famoso médium por conta do mesmo sobrenome. Nelson já se irritou com a confusão, mas hoje a vê com outros olhos:

— Ficava indignado de ser chamado de Chico e respondia grosseiramente. Hoje, aceito com satisfação, mesmo antes de saber que faria o filme.

O convite para dar vida ao médium na telona veio há cinco anos, o tempo que Daniel Filho batalha para levar a biografia escrita por Marcel Souto Maior para os cinemas. As filmagens devem começar em março, mas a data de estreia já está escolhida: 2 de abril de 2010.

— Parece que meu destino está envolvido com essa história. Cansei de escutar das pessoas que, um dia, eu interpretaria Chico Xavier. Mas a vida dele é mesmo extraordinária e merece ser contada — diz Nelson.

Contato com entidades

O ator tem se preparado para o papel visitando o Lar Frei Luís, conhecido centro espírita localizado em Jacarepaguá. Nelson Xavier tem se impressionado com o que tem visto por lá, apesar de nunca ter sido religioso.

— Nunca me voltei para esse lado da religião. Minha formação é de comunista e acredito que só o amor e a solidariedade podem salvar o homem. Não se trata de uma conversão, mas não posso negar que fui tocado. Tenho presenciado muitas coisas e tive contato com entidades. Isso me emociona muito.

domingo, 1 de março de 2009

Curta-Metragem: FACES- 2º Apresentação

Avaliação: 
Eis uma nova produção do Grupo AVE. O curta-metragem FACES. Essa é uma apresentação do que será o curta, na visão de outro personagem envolvido na trama.